MP Eleitoral pede reprovação de contas de Damares e devolução de valores ao Tesouro

Órgão aponta irregularidades na campanha da ex-ministra de Bolsonaro que se elegeu senadora

O Ministério Público Eleitoral apontou irregularidades na prestação de contas feita pela campanha da ex-ministra Damares Alves, que se elegeu senadora pelo Republicanos no Distrito Federal

O parecer da Procuradoria defende a desaprovação das contas de Damares e a devolução dos valores ao Tesouro Nacional.

De acordo com o MP, a comprovação de cerca de R$ 595 mil está em situação “irregular”. O saldo inclui gastos com produção de propaganda eleitoral, serviço de militância, combustível e segurança particular – categoria que não está incluída no rol de despesas com recursos públicos, informa reportagem do UOL.

Do total, R$ 105 mil se referem a despesas pagas com o Fundo Partidário e R$ 489 mil com o Fundo Eleitoral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s