PGR tenta barrar no STF mais três pedidos de investigação contra Bolsonaro

Os casos se referem à conduta do ex-capitão no 7 de Setembro, a declarações homofóbicas e a incitação a violência contra adversários

Via: Carta Capital

Carta Capital – A Procuradoria-Geral da República defendeu, nesta quarta-feira 9, a rejeição de três pedidos de investigação contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) no Supremo Tribunal Federal.

Os despachos, obtidos e divulgados pela TV Globo, se referem à conduta do ex-capitão no 7 de Setembro deste ano, a declarações homofóbicas e transfóbicas e a incitação a violência contra adversários. As peças da PGR foram assinadas pela vice-procuradora-geral Lindôra Araújo.

No caso do Bicentenário da Independência, Lindôra afirma não haver indícios dos crimes de peculato e prevaricação. Segundo ela, a participação de Bolsonaro no evento tem “nítida vinculação” com o exercício de suas funções. O pedido de investigação apontava o uso das cerimônias com fins político-partidários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s